Português Italian English Spanish

Revap: Petroleiros protestam contra o fim da Fafen

Revap: Petroleiros protestam contra o fim da Fafen


Em assembleia, os petroleiros também aprovaram o estado de greve na refinaria. Foto: Divulgação/Sind/MetSJC

São José dos Campos

Os petroleiros da Revap (Refinaria Henrique Lage), em São José dos Campos, realizaram um protesto na entrada da refinaria, nesta quarta-feira (5), contra a retirada de direitos, a demissão de mil trabalhadores da Fafen Araucária e a hibernação da unidade da Petrobrás. O protesto também contou com a participação de trabalhadores de outras categorias e reuniu cerca de 90 trabalhadores.

Revap

Em assembleia, os petroleiros também aprovaram o estado de greve na refinaria, sinalizando apoio à greve nacional petroleira, que ocorre em todo país, desde o dia 1º de fevereiro. Os petroleiros da Revap já realizaram quatro cortes de rendição na refinaria, desde o início da greve nacional, em solidariedade à mobilização.
O protesto também foi contra a imposição de novas regras para a jornada de trabalho na refinaria, que vão representar, na prática, corte de salários e aumento das condições de risco no local de trabalho.
A manifestação contou com a participação de representantes do Sindicatos dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, do Sindicato dos Correios de São José dos Campos, da CSP-Conlutas, do PSOL, do PSTU e do PDT.