Português Italian English Spanish

Fábrica da GM de Gravataí produz unidade quatro milhões

Fábrica da GM de Gravataí produz unidade quatro milhões


Onix, carro produzido no Rio Grande do Sul, que é o mais vendido do Brasil há quatro anos. Crédito da foto: GM/Divulgação

A fábrica da General Motors em Gravataí já produziu mais de quatro milhões de veículos, desde sua inauguração, em 20 de julho de 2000. Caracterizada por fabricar veículos de grande volume, a unidade opera hoje em três turnos e fabrica mais de 60 unidades por hora.

"A nossa fábrica em Gravataí é a mais produtiva do mundo. Não é à toa que ela produz o carro mais vendido da América do Sul, que é o Onix, e que está há mais de quatro anos na liderança absoluta do mercado brasileiro. Para mim, é uma honra estar presente com a equipe para celebrarmos juntos o carro número quatro milhões", comenta Marina Willisch, vice-presidente de Relações Governamentais e Comunicação da GM América do Sul.

Também estiveram presentes para a foto oficial da unidade quatro milhões, o prefeito de Gravataí, Marco Alba, o vice-prefeito, Áureo Tedesco, o secretário municipal de Governança e Comunicação Social, Luiz Zaffalon, o presidente da Câmara de Vereadores de Gravataí, Neri Facin e o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, Valcir Ascari.

A fábrica gaúcha da GM teve sua nova linha de montagem inaugurada em novembro de 2019, quando revelou todas as melhorias implementadas para a produção da nova geração da família Onix. Os aportes na unidade, da ordem de R$ 1,4 bilhão, fizeram parte dos investimentos de R$ 23 bilhões que a empresa está realizando no Brasil entre 2014 e 2024 para atualizar seu portfólio e instalação de novas tecnologias de manufatura.

Entre as benfeitorias realizadas na fábrica para produzir os novos modelos, está um novo prédio de injeção de polímeros, onde é realizado o processo de moldagem de para-choques.

Muitos processos da fábrica foram digitalizados, como as simulações de volume de produção da linha, que buscam os melhores meios de transporte e de movimentação das peças.

Foram instalados softwares de controle de produção que programam o mix de modelos diretamente para a linha de produção, o que traz agilidade e reduz a necessidade de grande volume de estoque. Outro software integra os sistemas que controlam os parâmetros de produção de acordo com os sistemas de qualidade, garantindo que cada parafuso tenha o torque exato, por exemplo.