Português Italian English Spanish

Embraer registra prejuízo de R$ 78,1 milhões no quarto trimestre de 2018

Embraer registra prejuízo de R$ 78,1 milhões no quarto trimestre de 2018

No ano 2018, o prejuízo foi de R$ 669 milhões e a companhia alega variação cambial e queda na receita da aviação comercial

Por Paulo Torraca

No último trimestre de 2018, a Embraer registrou um prejuízo líquido aos acionistas de R$ 78,1milhões. Os dados foram divulgados ao mercado nesta quinta-feira (14), e revelam a entrega anual de 90 aeronaves comerciais e 91 executivas (64 jatos leves e 27 grandes). Para fabricante de aviões a variação cambial e a queda no segmento da aviação comercial, foram os motivadores do prejuízo. O primeiro após uma década de lucros.
No ano de 2018, a Embraer acumulou prejuízo R$ 669 milhões, após ter registrado um lucro de R$ 850,7 milhões em 2017. Segundo o relatório, o prejuízo líquido ajustado (excluindo-se impostos diferidos e itens especiais) registra R$ 29,4 milhões no 4º trimestre e de R$ 224,3 milhões em 2018. A receita líquida atingiu R$ 6,3 bilhões no 4º trimestre, alta de 13% na comparação com o trimestre anterior. O fator importante divulgado foi a carteira de pedidos firmes a entregar que encerra 2018 em 16,3 bilhões de dólares.

Joint venture

Em fevereiro, os acionistas da Embraer aprovaram o acordo de venda da divisão comercial para Boeing. No acordo, a Boeing deverá pagar US$ 4,2 bilhões por 80% da nova companhia. A Embraer ficará com os 20% restantes.