Português Italian English Spanish

74 jovens recebem treinamentos para empregos

74 jovens recebem treinamentos para empregos

Apoiado pela Suzano, programa Jovens Urbanos beneficia 74 jovens de Jacareí e Caçapava que buscam o primeiro emprego. Crédito da foto: Suzano/Divulgação

Da Redação

A Suzano, líder mundial na produção de celulose, apoia o programa Jovens Urbanos, que, neste ano, beneficia 74 jovens entre 16 e 18 anos de Jacareí e Caçapava. O objetivo da iniciativa, desenvolvida em parceria com o Grupo de Assessoria de Mobilização de Talentos (GAMT), é promover a ampliação do repertório sociocultural e potencializar a entrada no mercado de trabalho de moradores de territórios urbanos vulneráveis.
A primeira atividade do ano ocorreu em março (foto), no Núcleo de Educação Ambiental da Suzano, em Jacareí, com uma novidade: o encontro contou com o acompanhamento do setor de Gente e Gestão da empresa e a presença de nove jovens profissionais que puderam compartilhar suas experiências com os alunos.
“O programa oferece oportunidades para os participantes debaterem seus anseios e planos de carreira, promovendo um rico aprendizado e fortalecimento da cidadania. O intuito é proporcionar o máximo de informações sobre faculdades e o mercado de trabalho, justamente no momento da vida dos adolescentes, em que são naturais as dúvidas sobre o futuro profissional”, comenta Adriano Martins, consultor de Sustentabilidade da Suzano.
A Suzano desde 2013, apóia o programa que formou 860 adolescentes. O método aplicado pelo GAMT, busca respeitar os desejos e preferências de cada aluno, além de contribuir para que eles concluam o ensino médio e tenham acesso à universidade. Um dos principais atrativos é oferecer detalhes sobre o processo seletivo para preenchimento de vagas de aprendizes.
Nos dois encontros semanais de três horas de duração, que serão realizados nas duas cidades, os participantes - selecionados por meio de prova com questões de português e matemática - poderão desenvolver habilidades como pensamento crítico, liderança, planejamento, oratória, trabalho em equipe, ética, negociação, empatia, criatividade, produtividade, gestão de emoções e do tempo. As atividades serão encerradas em dezembro, quando os alunos apresentam um projeto final para a banca examinadora.