Português Italian English Spanish

Johnson & Johnson demite 30 da fábrica de São José

Johnson & Johnson demite 30 da fábrica de São José

A Johnson & Johnson emprega cerca de 4 mil trabalhadores na cidade. Crédito da foto: Arquivo/ADC News

Da Redação

A multinacional do setor farmacêutico Johnson & Johnson demitiu 30 empregados da fábrica de São José dos Campos como parte do plano de reestruturação mundial da companhia, nesta quinta-feira (16). No mundo, a empresa pretende cortar 1% dos 134 mil empregados, o que dá um total de 1.340 demissões. No Brasil, o número seria de 1,7% dos 7.000 empregados --119 demissões.
Segundo o Sindicato dos Químicos de São José, os desligamentos ocorreram na divisão de consumo da empresa (Johnson & Johnson Consumer) e teriam atingido pesquisadores, funcionários de laboratórios e da gerência. A produção não foi atingida. Em nota, a companhia busca eficiência. “Como resultado, estamos expandindo e investindo em algumas áreas, enquanto em outras reduziremos a complexidade e as estruturas de reporte. As decisões que afetam nossos funcionários nunca são fáceis e estamos comprometidos a apoiá-los ao longo do processo. Localmente no Brasil, a reorganização envolve 1.7% do nosso total de colaboradores diretos”, informou a empresa.