Português Italian English Spanish

Estudantes ganham cisternas para captação de água da chuva

Estudantes ganham cisternas para captação de água da chuva

Iniciativa do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Suzano possibilitou a construção de cisternas de bombona. Crédito da foto: Divulgação

Jacareí

O Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Suzano realizou a instalação de duas cisternas de bombonas (método que utiliza galões com capacidade de armazenamento para até 200 litros de água e que são instalados na área externa da casa) em casas de participantes do programa Ecoagentes Mirins. A iniciativa fez parte da Semana do Meio Ambiente, que neste ano teve como tema “Em Defesa do Rio Paraíba do Sul”, com uma série de atividades para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente.
O grupo deste ano do Ecoagentes Mirins conta com 27 crianças de 9 e 10 anos, divididas em duas turmas, que frequentam aulas sobre conscientização e sensibilização ambiental. A ideia de aplicar na casa de alunos os conhecimentos aprendidos durante os encontros no NEA surgiu nas aulas do segundo módulo do curso, que tem a água como tema, com o intuito de estimular as crianças e envolver as famílias em práticas de reutilização da água.
A escolha das casas foi feita por sorteio e as turmas partiram para a ação logo em seguida, construindo a cisterna de bombona para captação da água da chuva, gerando economia e conscientização sobre a importância de preservar os recursos naturais.
Uma das cisternas foi instalada na casa do ecoagente mirim Kevin Freire de Almeida dos Santos, de 9 anos. Para a mãe do aluno, Débora Freire de Almeida dos Santos, a iniciativa é importante para reforçar as ações de conscientização. “Fui uma das primeiras a me inscrever para participar do sorteio e fiquei muito feliz ao ser escolhida. Foi maravilhoso ver o trabalho das crianças para construir a cisterna e agora vamos aproveitar a água para lavar o quintal, as roupas e, quando chegar o verão, encher a piscina”, afirmou.
Para ela, a participação do filho no programa está sendo importante para mudar os hábitos de todos da casa. “Ele mostra para os três irmãos como separar o lixo para reciclagem e até nos ensinou como o papel é produzido. Depois da instalação da cisterna, estamos conversando com os vizinhos sobre os benefícios e meu marido já quer construir uma na casa das irmãs”, contou Débora.

Programa

Realizado desde 2008, o programa Ecoagentes Mirins visa difundir valores sustentáveis e boas práticas de preservação e educação ambiental. As aulas ocorrem todas as sextas, com turmas de manhã e à tarde, em horário oposto às aulas escolares. Até dezembro, serão desenvolvidos cinco módulos, com os temas “Pessoas”, “Água”, “Terra/ Resíduos”, “Ar” e “Energia”.
Nos encontros no NEA, as crianças aprendem sobre assuntos como biodiversidade, uso responsável e sustentável da água, bioconstruções, espécies e ecossistemas, em um local que é referência em educação ambiental na região e completa 15 anos de atividades neste ano.