Português Italian English Spanish

Liquigás patrocina campanha chama segura em São José

Liquigás patrocina campanha chama segura em São José

Além de difundir informações em favor da segurança no uso do botijão, a campanha inclui troca de kits de instalações de GLP. Crédito da foto: Liquigás/Divulgação

Da Redação

A Liquigás Distribuidora patrocina, uma ação da Campanha Chama Segura em São José dos Campos, nesta sexta-feira (16). O evento, que promove o uso correto e seguro do botijão de gás liquefeito de petróleo (GLP), acontecerá durante o Evento 168 da Transpetro (no terreno ao lado do gasoduto) com início às 10 horas, na Avenida Carlos Alberto de Andrade Silva - Parque Nova Esperança.
Durante o evento, os participantes assistem às palestras ministradas pelos Bombeiros Educadores. O principal foco da campanha é a conscientização da população sobre as formas corretas de se transportar, armazenar, manusear e instalar o botijão de GLP.
A Campanha também contribui para a melhoria das condições de segurança das famílias participantes, com a troca gratuita de mangueiras, abraçadeiras (foto) e reguladores de botijões de gás vencidos ou em condições inadequadas de conservação por kits novos. Para participar, basta comparecer ao local no horário indicado para a realização da ação. Os participantes que levarem seu kit de instalação usado poderão trocá-lo por um novo.
Segundo o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo, a falta de conhecimento sobre o uso correto do GLP e a manutenção inadequada dos equipamentos de instalação podem contribuir para a ocorrência de casos de incêndios. De acordo com dados fornecidos pela Coordenadoria Operacional do Corpo de Bombeiros, foram registradas 2072 ocorrências envolvendo GLP, em 2018, no estado de São Paulo: 1901 vazamentos e 171 incêndios.

Chama Segura - a campanha, lançada em 2011, é promovida e organizada em parceria com o Corpo de Bombeiros e a Fundação de Apoio ao Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo (FUNDABOM). Até o ciclo de 2018 foram realizadas 297 ações, contemplando mais de 100 mil pessoas na capital, interior e litoral do Estado, distribuindo cerca de 29,6 mil kits novos e retirando de circulação mais de 10 toneladas de kits fora do prazo de validade (que é de 5 anos), em condições inadequadas de conservação ou fora das especificações técnicas das normas vigentes.