Português Italian English Spanish

Arco da Inovação: duas novas frentes alteram trânsito na rotatória

Arco da Inovação: duas novas frentes alteram trânsito na rotatória

Ponte estaiada, que ligará a avenida Jorge Zarur às avenidas São João e Cassiano Ricardo, vai desafogar o trânsito no principal ponto de congestionamento da cidade - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

São José dos Campos

 

As obras do Arco da Inovação, ponte estaiada que está em construção na rotatória do Colinas, na cidade, terão duas novas frentes de trabalho a partir desta quinta-feira (26), após o horário de pico, por volta das 9h. A primeira exigirá o fechamento definitivo da agulha de descida da pista local da avenida Jorge Zarur (Poli Pet) para a via expressa – o acesso está fechado com sinalização. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos em duas semanas.
Por conta da obra, a pista local terá um estreitamento, mas que permitirá o tráfego tanto dos veículos comuns como dos ônibus do transporte público, como acontece atualmente.
A segunda frente será na alça de acesso no sentido bairro/centro da rotatória do Colinas, que será fechada por três fins de semana seguidos, a partir deste sábado (28), para obras no pavimento da rotatória. A intervenção irá ocorrer sempre das 14h de sábado às 18h de domingo.

Transporte Público

Por conta do fechamento da alça de acesso na rotatória aos fins de semana, as linhas de ônibus que utilizam o trecho interditado terão que seguir pela avenida Jorge Zarur e fazer o retorno no Anel Viário, retornando à rotatória e seguindo o itinerário padrão. A Prefeitura orienta aos motoristas que respeitem a sinalização e orientações dos agentes da mobilidade que estarão no local. Já passando dos 50% do cronograma físico executado, os trabalhos na ponte estaiada seguem em ritmo veloz. Além da elevação do arco, que chegará a 100 metros de altura, os serviços ocorrem em vários pontos, com fabricação de peças pré-moldadas no canteiro, lançamento de vigas entre os pilares, concretagem da laje e alargamento de via.

Arco da Inovação

A ponte estaiada, que ligará a avenida Jorge Zarur às avenidas São João e Cassiano Ricardo, vai desafogar o trânsito no principal ponto de congestionamento da cidade e beneficiar motoristas e passageiros do transporte coletivo. Mais de 60 mil trabalhadores passam pelo trecho em 1.246 viagens de ônibus todos os dias.
Única no Brasil em arco e curva, a obra é um método de construção mais eficaz e econômico, além de ser menos agressivo ao meio ambiente. Sob a ponte na rotatória do Colinas serão construídos dois viadutos (superior e inferior) em formato de X. O complexo viário terá ainda uma ciclovia de 3,6 quilômetros de extensão, que ligará a avenida Linneu de Moura à passarela da via Dutra.