Português Italian English Spanish

Santa Casa de São José reduz pela metade lixo hospitalar e recebe o prêmio Amigo do Meio Ambiente

Santa Casa de São José reduz pela metade lixo hospitalar e recebe o prêmio Amigo do Meio Ambiente

Por meio do projeto Hospitais Saudáveis, entidade reduziu em 50% resíduos infectantes e ampliou reciclagem de outros materiais. Foto: Divulgação

Da Redação

As práticas ambientais executadas pela Santa Casa de São José dos Campos, por meio do programa Hospitais Saudáveis, renderam à entidade o prêmio Amigo do Meio Ambiente, promovido anualmente pela Secretaria de Estado da Saúde.  Em oito meses, o hospital filantrópico reduziu os resíduos infectantes em 50% e ampliou em 12% a coleta de materiais passíveis de serem reciclados. A placa de reconhecimento será entregue durante o 12º Seminário Hospitais Saudáveis, que acontece hoje (11) e amanhã 12 de novembro, na cidade de São Paulo.

“Nossa preocupação em prestar o melhor serviço, pensando sempre no bem da sociedade, se perpetua a cada ação que fazemos. Oferecer atendimento humanizado, eficiente e com qualidade, tem como um dos pilares proporcionar um ambiente saudável e sustentável”, fala o provedor da Santa Casa de São José dos Campos, Ivã Molina.
O Projeto Hospitais Saudáveis é uma associação sem fins econômicos, dedicada a transformar o setor de saúde em exemplo de compromisso com a proteção ambiental e a saúde do trabalhador, do paciente e da população em geral.
Desde abril, quando aderiu à iniciativa, a Santa Casa de São José dos Campos intensificou o trabalho de conscientização junto à equipe. Foram feitos treinamentos e realizadas palestras durante a SIPATMA (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho e Meio Ambiente), reforçando a importância do descarte correto dos resíduos. Também foi atualizado o PGRSS (Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde), além de melhorias nos pontos de descarte dos materiais.
A Santa Casa também aderiu ao Desafio Resíduo, iniciativa da Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis e da Organização Internacional Saúde Sem Dano, conduzido no Brasil pelo Projeto Hospitais Saudáveis.
“A Santa Casa se preocupa muito com as questões ambientais, de saúde do trabalhador e dos pacientes e, com isso, fizemos um trabalho em conjunto de conscientização, que está contribuindo para menor quantidade de resíduo para incineração/esterilização e para disposição no aterro; menor emissão de gases para a atmosfera devido à incineração; redução no custo de coleta, transporte e destinação em local apropriado e maior conscientização ambiental”, lista a analista ambiental da Santa Casa de São José dos Campos, Larissa Fabrin.
O Prêmio Amigo do Meio Ambiente confere placa de reconhecimento aos 15 melhores trabalhos que, segundo a Comissão de Avaliação, apresentaram as mais efetivas ações de melhoria e gestão dos impactos ambientais e de difusão de benefícios a partir de organizações de saúde, públicas ou privadas, pertencentes ao SUS (Sistema Único de Saúde).

Recicláveis ajudam famílias

As ações desenvolvidas pela Santa Casa de São José dos Campos vão além do compromisso ambiental e alcançam também a área social. Todo resíduo de papelão, por exemplo, é doado à um munícipe coletor de reciclagem que, com o dinheiro arrecadado com a venda do material, auxilia famílias carentes da comunidade Santa Cruz, principalmente com cestas básicas.
Os demais materiais (plástico, papel, metal e vidro) são coletados pela Urbam (Urbanizadora Municipal S.A) e cooperativas fazem a triagem para o reaproveitamento, o que irá gerar renda à várias pessoas que têm na reciclagem o sustento da família.