Português Italian English Spanish

Engº Lírio Ferreira de Morais assume a presidência da AEAJ

Engº Lírio Ferreira de Morais assume a presidência da AEAJ


Lírio é o primeiro Engenheiro Agrônomo e Engenheiro de Segurança do Trabalho a ser presidente da Associação. Crédito da Foto: Paulo Torraca/ADC News

Por Paulo Torraca

A AEAJ (Associação de Engenheiros e Arquitetos de Jacareí) inicia o ano de 2020 com inovação na escolha do presidente da entidade. Após 40 anos, a alternância de poder na escolha da presidência da AEAJ entre engenheiros civis e arquitetos chega ao fim. O jacareiense Lírio Ferreira de Morais, 42 anos é o primeiro Engenheiro Agrônomo e Engenheiro de Segurança do Trabalho a ser presidente da Associação e assume a partir de 02 de janeiro de 2020, para o biênio 2020 a 2022.
A entidade de classe tem receitas financeiras geradas pelas cadernetas de obras, locações de espaços, exemplo: aluguel da sede do CREA-SP, o aluguel da sede do Sindicato dos Engenheiros de São Paulo e também a locação do Salão Social da
Associação aos associados e não associados para realizações de festas (aniversários, casamentos, batizados entre outros).
O objetivo da entidade é a defesa e valorização do profissional de arquitetura e engenharia nas questões mais relevantes. Seja, na escolha de conselheiros do Crea-SP e do CAU-SP, indicados pela AEAJ ou na fiscalização da profissão e também na atuação junto aos Poderes Públicos na liberação de certidões e alvarás na cidade de Jacareí.
O novo presidente da AEAJ é Engenheiro Agrônomo, (turma de 2008 da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFR-RJ) e Engenheiro de Segurança do Trabalho, (turma de 2014 da UNITAU), atua como profissional autônomo em Jacareí e exerce a função de inspetor do CREA-SP e é membro do Conselho de Meio Ambiente do Município de Jacareí, ambas as funções não são remuneradas.
Processo Eleitoral – Lírio de Morais foi escolhido por membros da atual gestão como o líder da chapa única inscrita no processo eleitoral realizado em novembro, conforme edital. A chapa é composta por engenheiros civis e arquitetos que já ocuparam cargos de diretores da Associação.
A maioria dos 550 associados da AEAJ são profissionais liberais que atuam no segmento da construção civil. Agora, com a escolha do agrônomo abre um espaço naturalmente para todos os segmentos da engenharia e da arquitetura.
Lírio de Morais fala em inovação em sua gestão, com objetivo de atrair novos associados e na valorização do profissional. O novo presidente destacou a valorização do novo sócio, com programa de integração ao associado e também da criação de um canal com o associado para o aprimoramento da agenda da Associação com a realização de cursos, de palestras e debates na eterna busca de atualização profissional, criar elo com os profissionais de destaque no mercado de engenharia e de arquitetura e também a criação de um importante espaço físico permanente para expor periodicamente os trabalhos de profissionais da arquitetura e da engenharia de Jacareí.

ADC News – O senhor vai dirigir a AEAJ nos próximos dois anos. Qual é o seu diferencial?

Lírio de Morais- Após 40 anos, sou o primeiro Engenheiro Agrônomo e de Segurança do Trabalho a presidir a Associação. Sem dúvidas uma inovação na entidade. Mas, é importante você saber que houve um trabalho que eu desenvolvi nos últimos 12 anos. Por isso, estou preparado para dirigir a Associação, tudo isso só é possível com apoio da diretoria. Participei como conselheiro na gestão do Egenheiro Perale e fui vice do Egenheiro Pascoal e hoje conheço em parte as necessidades dos Associados e as dificuldades no dia a dia da Associação para atender a demanda de nossos associados. De imediato vou criar um programa de integração dos novos associados. Mas, o principal diferencial é esclarecer as dúvidas dos novos profissionais de engenharia e arquitetura que não sabem as funções das entidades de classe, ou seja, eles não sabem qual é a função do Crea-SP e do Sindicato dos Engenheiros e também qual é a função do CAU-SP e da AEAJ. Vou melhorar a participação dos associados criando um canal direto com o profissional de engenharia e arquitetura, independente do segmento profissional para conhecer a real necessidade de cada profissional e buscar soluções utilizando os órgãos de classe.

ADC News – A economia brasileira em 2019 foi ruim para os profissionais autônomos de engenharia e arquitetura de Jacareí. Isso não atrapalha o seu projeto?

Lírio de Morais – Eu acredito no crescimento da economia no próximo ano e sei que a falta do Código de Obras e Edificações no município atrapalha em muito o arquiteto e engenheiro civil, na hora da execução da obra. Vamos continuar em busca de solução definitiva junto a Prefeitura e criar novas formas de expor a importância do arquiteto e do engenheiro civil, na hora de construir ou reformar. Vou criar um espaço permanente de exposição periódica para engenheiros e arquitetos exporem seus trabalhos. Uma vitrine na cidade que valorize o profissional local.