Português Italian English Spanish

Air Peace recebe o primeiro E2 do continente africano

Air Peace recebe o primeiro E2 do continente africano


O jato entregue nesta quarta-feira (27) é o primeiro de 13 pedidos firmes do E195-E2, com direito de compra adicional para 17 outras aeronaves. Foto: Embraer/Divulgação

São José dos Campos - SP

 

A Air Peace, a maior companhia aérea da Nigéria e do Oeste da África, recebeu nesta quarta-feira (28) a sua primeira aeronave E195-E2. O avião voará das instalações da Embraer (foto), na cidade, para se juntar à frota da Air Peace, na Nigéria.

A Air Peace se torna a primeira cliente na África a iniciar operações com o E2, a mais nova, eficiente e confortável aeronave do segmento. A companhia aérea também é a cliente global lançadora do design inovador premium de assentos escalonados da Embraer.

O jato entregue hoje é o primeiro de 13 pedidos firmes do E195-E2, com direito de compra adicional para 17 outras aeronaves. As encomendas foram anunciadas em março de 2019, e atualizadas com a conversão de mais três pedidos firmes durante o Dubai Air Show, em novembro de 2019. O valor total do negócio, com todos os direitos de compra exercidos, é de US$ 2,2 bilhões. As aeronaves estão configuradas em uma confortável disposição de classe dupla com 124 assentos.

O presidente e CEO da Air Peace, Allen Onyema, disse: “O E195-E2 é perfeito para expandir nossas operações domésticas e regionais. Estamos conscientes do impressionante desempenho econômico da aeronave, assim como da sua configuração única, principais motivos que nos levaram a fazer um pedido desta aeronave. É também um feito histórico, já que a Air Peace será a primeira a operar esse modelo em toda a África. O E195-E2 irá nos ajudar ainda mais a concretizar nossa ambição de conectar não apenas a Nigéria inteira, mas todo o continente africano, promovendo voos de longa distância a partir da nossa sede, em Lagos. A aquisição nos permitirá executar nossa iniciativa de atender um grande número de cidades, que é sustentada por nosso objetivo de reduzir a sobrecarga do transporte aéreo africano”.

Cesar Pereira, vice-presidente da Embraer Aviação Comercial para Europa, Oriente Médio e África, disse: “Entregar novos jatos para nossos clientes é a atividade favorita de todos da Embraer. Fazer isso nas atuais circunstâncias é uma conquista para todos nós, à medida que estamos nos adaptando ao cenário de mudança. Este é um grande começo de ano para todos da Air Peace e Embraer”.

A Air Peace já opera oito aeronaves ERJ-145 e usará o E195-E2 para aumentar sua conectividade doméstica e regional. O E2 é capaz de realizá-la com baixo custo para passageiros e lucratividade para a companhia aérea, além de oferecer uma experiência de viagem superior. Esta rede aprimorada também ajudará a alimentar e sustentar as operações de longo alcance no centro de Lagos, bem como a rota para os Emirados Árabes Unidos lançada em 2019 e para a África do Sul lançada em dezembro de 2020.

 

Atualmente, há 206 aeronaves da Embraer operando na África, em 56 companhias aéreas e 29 países.