Português Italian English Spanish

Começa os ensaios com voluntários para Novena e Festa da Padroeira

Começa os ensaios com voluntários para Novena e Festa da Padroeira


Entradas temáticas sofreram alterações para garantir cumprimento dos protocolos de saúde. Foto: Thiago Leon/Divulgação

Por Carla Zanon

As festividades da Padroeira do Brasil se aproximam e, para destacar esse tempo, o Santuário Nacional já começa a ser enfeitado com as tradicionais bandeiras azuis, brancas e amarelas, que marcam o início das comemorações em honra a Rainha e Padroeira do Brasil. O devoto que estiver na Basílica pode sentir o clima festivo se aproximando. Além do apelo visual, as atividades dos funcionários e voluntários também começam a focar naquilo que será realizado na programação da Novena e Festa, em outubro.

Na última segunda-feira (13), a equipe de voluntários da Basílica iniciou os ensaios para a participação nas celebrações. O grupo é responsável pelas entradas da Palavra e da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, além de também conduzir o momento de entrega de alimentos e flores ofertados à Padroeira do Brasil. Os ensaios acontecem até o dia 28 de setembro, sempre das 19h até às 20h30.

Todos os anos, as festividades do mês de outubro contam com elementos visuais que remetem ao tema central trabalhado na Novena e Festa, que em 2021 propõe: “Com Maria, somos Povo de Deus, unido pela Aliança”. Assim, as entradas previstas são temáticas, de acordo com a proposta, que diariamente, desdobra o tema principal.

“A cada entrada da imagem, nós vamos falar sobre o tema do dia. Na entrada da Palavra, nós vamos falar sobre a leitura do Evangelho, então é sempre atrelado ao que estamos refletindo naquele momento. A Novena nos ajuda a rezar, mas também nos faz refletir. É um momento em que vamos fazer sintonia direta com o eterno”, afirma Maria Helena Malta, responsável pelos ensaios com os voluntários.

As entradas, que tradicionalmente acontecem acompanhadas de coreografias, neste ano são realizadas apenas com encenações que respeitam o distanciamento social previsto nos protocolos de saúde das autoridades. “Para evitar o contato físico e a aproximação entre os voluntários, o momento foi simplificado, mas sem perder toda a dignidade que a Mãe Aparecida merece”, complementa Maria Helena.

Diferente de outras épocas, por conta da pandemia, não houve a possibilidade de novos voluntários se inscreverem, ficando restrito ao grupo que habitualmente atua no dia a dia das atividades da Basílica. Há 10 anos Ana Luisa Diamantino é voluntária no Santuário Nacional, dedicando tempo aos trabalhos que auxiliam na evangelização. O gesto do voluntariado é também um modo que encontrou para expressar sua gratidão a Nossa Senhora Aparecida.

“O que me motiva é ver os romeiros aguardando a Novena e Festa de Nossa Senhora. A gente pode transmitir a mensagem dela através da coreografia e das entradas, porque tudo tem uma relação, desde a música até as orações. Essa é uma forma de agradecimento muito pequena perto de tudo que Nossa Senhora representa em minha vida”, destaca a voluntária Ana Luisa.

A Novena e Festa da Padroeira do Brasil pode ser acompanhada pela Rede Aparecida de Comunicação e redes sociais do Santuário Nacional (Facebook e Youtube). Em A12.com/padroeira é possível conferir toda a programação.