Português Italian English Spanish

LG: Greve é suspensa nas fornecedoras de celulares para aguardar audiência na Justiça

LG: Greve é suspensa nas fornecedoras de celulares para aguardar audiência na Justiça


Pela proposta do TRT, a paralisação ficará suspensa até esta terça-feira (4), quando acontecem as audiências de conciliação. Foto: SindMetalSJC

São José dos Campos - SP

As trabalhadoras da Blue Tech, Sun Tech e 3C, fornecedoras de celulares para LG, decidiram, nesta segunda-feira (3), suspender a greve que completa hoje 28 dias. A proposta de suspensão, apresentada em audiência pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, teve votação secreta, em cédulas. Foram 125 votos a favor da suspensão, 87 contra, quatro em branco e um nulo.

Pela proposta do TRT, a paralisação ficará suspensa até esta terça-feira (4), quando acontecem as audiências de conciliação entre o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, as fornecedoras e a LG – convocada pelo tribunal. 

Caso não se chegue a um acordo amanhã, as trabalhadoras retomarão a greve na quarta-feira. Esta decisão foi tomada em assembleia, na Praça da Bandeira, em Caçapava.

Com a volta da produção, a Blue Tech e 3C, em Caçapava, e Sun Tech, em São José dos Campos, se comprometeram a pagar os salários no dia 5, sem desconto dos dias parados.

A greve começou no dia 6 de abril, logo depois de a LG anunciar o fim da produção global de celulares da marca. A medida levará ao fechamento das três fábricas, que produzem exclusivamente para a marca sul-coreana.

Por serem as verdadeiras responsáveis pela produção dos celulares, as trabalhadoras da Blue Tech, Sun Tech e 3C reivindicam o pagamento de 100% do mesmo pacote de indenização oferecido pela LG às funcionárias da fábrica de Taubaté.

O pacote inclui R$ 12 mil a R$ 73 mil, de acordo com o tempo de fábrica e o salário de cada funcionário, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e extensão do plano médico até 31 de janeiro de 2022. As montadoras, entretanto, ofereceram apenas 50% do valor.

“Essas companheiras são símbolo de luta e resistência e têm o apoio de toda categoria. É importante deixar bem claro: a greve ainda não acabou. Continuaremos inclusive com o piquete nas fábricas, como ficou definido na assembleia. Se a LG não atender as nossas reivindicações, as fábricas voltarão a ser paralisadas”, afirmou a diretora do Sindicato Aline Bernardo dos Santos.

Audiências

Amanhã acontecerão duas audiências virtuais. A primeira será entre o Sindicato, a Blue Tech e a LG, às 13h30. Em seguida, será com Sun Tech, às 14h30. O Sindicato pediu ao TRT a inclusão da 3C nas audiências, mas ainda não teve retorno.