Português Italian English Spanish

Polícia Civil flagra 300 pessoas aglomeradas em casa de luxo em Campos do Jordão

Polícia Civil flagra 300 pessoas aglomeradas em casa de luxo em Campos do Jordão


Investigações prosseguem para identificar o proprietário do local e o responsável pelo evento; outras quatro festas particulares foram encerradas. Fotos: Gov/SP

São José dos Campos - SP

Policiais das Delegacias Especializadas de Investigações Criminais (DEIC) de Taubaté e São José dos Campos, em apoio ao Departamento de Posturas e Administração Geral do município de Campos de Jordão, flagraram 300 pessoas aglomeradas em uma casa de alto padrão na noite desta sexta-feira (4), na Vila Inglesa, em Campos do Jordão.

Durante ações de apoio a fiscalizações para coibir as atividades com aglomerações de pessoas, os policiais receberam uma denúncia anônima sobre uma festa clandestina que ocorria no endereço, onde todos os convidados estavam sem máscara e sem distanciamento.

A equipe encerrou o evento. Um segurança e uma DJ foram encaminhados para a Delegacia de Campos do Jordão, onde a ocorrência foi registrada como infração de medida sanitária preventiva. As investigações agora seguem para identificar o proprietário da casa e o responsável pelo evento.

Durante a noite de sexta-feira, os agentes também encerraram outras quatro festas particulares que ocorriam em Campos de Jordão. As polícias Civil e Militar prosseguem com as diligências na região para garantir a segurança da população.

Ações de fiscalização

Balanço da Polícia Militar nas ações da Força-Tarefa do Governo de São Paulo aponta 2.570 registros de dispersão e 167 de aglomeração em todo o estado durante o último toque de recolher, das 21h de sexta às 5h de sábado. Somente na capital, houve 402 dispersões e 58 aglomerações coibidas por policiais. A PM ainda deu apoio a 30 ações de fiscalização de órgãos da Saúde e do Procon, sendo cinco na capital.

O combate a infrações do Plano São Paulo aos finais de semana foi intensificado desde fevereiro pelo Governo do Estado, em parceria com os órgãos de fiscalização das 645 prefeituras paulistas. A iniciativa cumpre recomendação de especialistas do Centro de Contingência do coronavírus para reduzir a velocidade de contágio, principalmente entre os mais jovens.

Comitê de Blitze

Criado no dia 12 de março, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, o Comitê de Blitze tem como objetivo reforçar as fiscalizações e o cumprimento das medidas restritivas da fase emergencial e evitar a propagação do coronavírus.

Integram o Comitê agentes da Guarda Civil Metropolitana e da Covisa (Coordenadoria da Vigilância Sanitária) pela Prefeitura de São Paulo. Pelo Governo do Estado, atuam profissionais da Vigilância Sanitária, Procon e das polícias Civil e Militar.

Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site www.procon.sp.gov.br ou pelo e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br, do Centro de Vigilância Sanitária.